Estudo de métodos, tempos e processos

O estudo de métodos, tempos e processos permite à administração controlar melhor a operação da empresa.

Padrões gerados por estudos de métodos, tempos e processos, adequadamente realizados, servem de base para:

1) Melhorar métodos de trabalho;

2) Calcular custos de produtos;

3) Determinar a capacidade produtiva;

4) Balancear o trabalho;

5) Estimar trabalho futuro;

6) Comparar resultados reais com padrões;

7) Desenvolver incentivos salariais.

O analista de métodos, tempos e processos, como é denominado o profissional que atua nessa área, é o agente investigador dentro da empresa. É ele quem estuda minuciosamente cada uma das etapas do processo, utilizando técnicas de levantamento de tempos e informações, pois, além de medir o tempo necessário para execução da tarefa, também avalia, de forma crítica, a necessidade, o modo e a sequência em que as tarefas devem ser executadas, para que o produto seja elaborado da forma mais racional possível. Também é responsável pelo desenvolvimento de métodos de produção ergonômicos e postos de trabalhos que garantam conforto para os operadores.

Para que uma empresa seja competitiva e tenha sucesso, ela deve saber utilizar de forma econômica, eficiente e eficaz os seus recursos financeiros, matérias-primas, espaço físico, conhecimentos tecnológico e tácito, além do tempo de fabricação de seus produtos. “Conhecer o custo real do produto, em todos os detalhes, é um dos grandes segredos para o sucesso do negócio, mas que muitos empresários ignoram ou desconhecem…”

Com a utilização do ESTUDO DE TEMPOS, MÉTODOS E PROCESSOS, é possível saber com precisão onde está sendo gasto cada um desses recursos e, assim, determinar o custo de fabricação.

Com esses dados, fica muito mais fácil para a empresa se posicionar com precisão no mercado em que atua, superando a concorrência.

Posted in Tempos e Métodos.